Tecla SAP


Suco de Pickles Pode Realmente Curar Câimbras Musculares?



Matéria publicada no site www.runnersconnect.netem 2014

Can Pickle Juice Really Cure Muscle Cramps?
By John Davis

Aperte o SAP!  ;)

Suco de Pickles Pode Realmente Curar Câimbras Musculares?

Cãibras musculares. Essas palavras sozinhas são suficientes para fazer a maioria das pessoas ficarem preocupadas. Em algum momento, todos nós passamos por essa súbita e intensa dor, onde a cãibra nos atinge com tudo!

Como você instintivamente agarra o músculo na dor, você jura que está agindo para evitar isso... tão logo esta dor excruciante vai embora.

Você finalmente se lembra que está em uma missão para encontrar a melhor solução para suas cãibras. Este artigo é para você.

Ao invés de olhar para o que um amigo disse para o outro, vamos à procura da ciência por trás disso, usando suco de picles para curar cãibras, e você pode ser surpreendido com o que encontramos!

Agora:

Nós já falamos anteriormente (em outro texto) sobre as causas das cãibras associadas ao exercício, esses espasmos musculares dolorosos e aparentemente aleatórios que podem afetar a todos: desde maratonistas recreativos até jogadores profissionais de basquete.

A sabedoria popular diz que elas são causadas pela falta de eletrólitos, mas a pesquisa científica mostra que é mais provável que cãibras musculares ocorram devido à falha do mecanismo neuromuscular que normalmente mantém a contração muscular sob controle.

Como para qualquer problema que afete os atletas, há um verdadeiro arsenal de remédios e truques que os corredores e treinadores usam, jurando prevenir ou acabar com uma cãibra muscular. Alguns desses remédios acabam sendo submetidos a testes científicos para validação ou invalidação.

Um simples truque – gentilmente esticar o músculo com cãibra – provou ser muito bem sucedido, e fornece aos pesquisadores uma pista sobre o verdadeiro mecanismo por trás das cãibras.

Eu li correto? Suco de picles?

Sim, acredite ou não, treinadores da velha escola juram que engolir um pequeno gole de suco de picles é uma cura rápida para cãibras musculares. A lógica por trás disso é que o líquido do frasco de picles é incrivelmente salgado e cheio de eletrólitos.

Mas aqui está o paradoxo:

Como vimos na última vez, há evidências bastante fortes de que os níveis de eletrólitos do seu corpo não têm nenhuma influência sobre se você irá ou não desenvolver cãibras musculares durante o exercício.

Portanto, em teoria, o suco de picles, apesar da sua reputação, parece não ter nenhum poder para aliviar cãibras musculares.

O que acontece quando você faz um teste com o suco de picles?

Aqui está a resposta:

Cãibras musculares associadas ao exercício podem ser complicadas de serem estudadas em um ambiente controlado, porque o local e a gravidade das cãibras podem variar de pessoa para pessoa. A melhor maneira de estudar cãibras em um ambiente controlado é induzi-las artificialmente.

Ao estimular eletricamente o nervo da perna justamente no local certo, os pesquisadores podem causar cãibras por quando desejarem. Em seguida, usando uma máquina de eletromiografia, ou EMG, eles podem quantificar a extensão e gravidade de uma cãibra muscular. Um estudo de 2010 usando apenas um certo protocolo publicado por Miller e seus colegas da Universidade North Dakota State e da Universidade de Brigham Young. No estudo, os pesquisadores usaram uma corrente elétrica para induzir cãibras no pé em um grupo de 12 voluntários. Duas cãibras foram induzidas, separadas por 30 minutos de intervalo.

A primeira cãibra foi um teste controle para estabelecer como é o sinal na EMG e a duração de uma cãibra muscular “normal”. Em seguida, uma segunda cãibra foi induzida, e os sujeitos imediatamente ingeriram duas a três onças (60 a 90ml) de água ou suco de picles.

Uma semana mais tarde, a experiência foi repetida com um design cross-over, o que significa que os indivíduos que receberam água pela primeira vez receberam suco de picles na segunda vez, e vice-versa.

Para se proteger contra qualquer efeito placebo possível, os pesquisadores usaram tampão de nariz para evitar que os participantes sentissem o cheiro dos líquidos que estavam bebendo, e os próprios pesquisadores não sabiam qual solução estava sendo administrada aos participantes.

- Isso é loucura:
Os efeitos do suco de picles foram rápidos e impressionantes: as cãibras de controle e as cãibras seguidas pelo consumo de água duraram mais de dois minutos, enquanto as cãibras seguidas pelo consumo de suco de picles duraram menos de um minuto e meio - uma redução de mais de 25%!

As cãibras realmente acontecem devido à perda de eletrólitos?

Você pode estar se perguntando: Será que os efeitos impressionantes do suco de picles revivem a hipótese de que "as cãibras ocorrem devido os eletrólitos"?

Miller e seus colegas de trabalho realizaram outro experimento para testar essa ideia. Desta vez, nove homens saudáveis foram submetidos a três experimentos em que foram fornecidas 60- 90ml de suco de picles, uma bebida esportiva, ou simplesmente água. Depois de ingerir o líquido, Miller et. al. recolheram amostras de sangue a cada poucos minutos ao longo da hora seguinte, analisado o conteúdo de água e de eletrólitos das amostras de sangue para observar o impacto de cada líquido.

Nenhum dos três líquidos produziu quaisquer alterações substanciais nos níveis de eletrólitos ou hidratação, o que talvez não seja surpreendente, considerando o quão pequeno o volume ingerido de líquido era (60 a 90ml) quando comparado com a quantidade de água no corpo inteiro (vários galões).

Miller et. al. concluiu que qualquer explicação da eficácia do suco de picles relacionada aos eletrólitos ou à hidratação, não é satisfatória. Os eletrólitos em 60 a 90ml de suco de picles são insignificantes quando comparados com as perdas pelo suor durante o exercício.

Além disso, não é possível os eletrólitos fazerem o seu caminho para o sangue dentro de um ou dois minutos após a ingestão.

Aqui está porque ele funciona:

Os pesquisadores propõem que o suco de picles ácido provoca um reflexo quando atinge um centro nervoso na parte de trás da garganta. E este reflexo envia um sinal para o sistema nervoso para desligar os neurônios hiperativos, que causam a cãibra.

Conclusão

O que devemos observar primeiramente?

De uma forma indireta, investigar a "cura do suco de picles" leva a duas conclusões surpreendentes:

Em primeiro lugar, ele funciona muito bem! Você pode esperar que um gole de suco de picles diminua a duração de uma cãibra muscular quase pela metade.

Em segundo lugar, por causa da rapidez de atuação do suco de picles, este resultado fornece mais evidências de que cãibras musculares são causadas por um mau funcionamento do sistema nervoso, uma falha que deixa uma unidade múscular (usualmente a panturrilha dos corredores) presa em uma posição "on" (ativada).

Se você já teve problemas maiores com cãibras durante seus treinos ou corridas, pode valer a pena tentar suco de picles.

O procedimento de Miller et. al. apela para beber 60 a 90ml de suco de picles - nos estudos, o consumo foi do tradicional suco de picles “Vlasic dill pickles” – o mais rápido possível após o início de uma cãibra.

Obviamente, carregar por aí um frasco de vidro de picles não é prático.

Você terá que encontrar uma pequena garrafa de plástico, 60 a 90ml, para levar um pouco de suco de picles com você quando for treinar ou competir em situações que você imagine que possam te causar cãibras.

Felizmente, a garrafa é pequena o suficiente para colocar em sua cintura ou no bolso.

Se ele impede esses momentos incrivelmente dolorosos, vale à pena certo?

Se você perdeu nossos posts anteriores, nós também falamos de cãibras em mais detalhes na postagem de “Bonking vs. Cramping vs. Fatigue”.

Se você é um corredor de maratona, você vai querer ler esta postagem!

Referências:

1. Noakes, T. D., Waterlogged: The Serious Problem of Overhydration in Endurance Sports. Human Kinetics: 2012; p 448.

2. Miller, K. C.; Mack, G. W.; Knight, K. L.; Hopkins, J. T.; Draper, D. O.; Fields, P. J.; Hunter, I., Reflex Inhibition of Electrically Induced Muscle Cramps in Hypohydrated Humans. Medicine & Science in Sports & Exercise 2010, 42 (5), 953-961.

3. Miller, K. C.; Mack, G. W.; Knight, K. L., Electrolyte and Plasma Changes After Ingestion of Pickle Juice, Water, and a Common Carbohydrate-Electrolyte Solution. Journal of Athletic Training 2009, 44 (5), 454-461.









Clube449


Newsletter

Cadastre-se e receba e-mails com dicas e informações.

 
 

Contatos

(61) 3363-7449
(61) 98535-7449 (whatsapp)
clinica449 (skype)
contato@clinica449.com.br

CLSW 304 Bloco B Sala 103 - Sudoeste Brasília - DF | CEP: 70673-632

Busca

Encontre o que você precisa em todo o nosso site.