2017 | 30 de junho
> Alimentação pode combater depressão?



A Alimentação consciente e positiva pode ajudar a combater a depressão?
By Nutri Patrícia Martins


A depressão tem sido uma das doenças de maior prevalência no mundo e no Brasil. Vocês sabiam disso?

Apesar de ter sido documentada na era de Hipócrates, muitas pessoas e profissionais de saúde confundem depressão com o estado emocional de tristeza ou desânimo ou falta de motivação. A depressão, diferentemente destas condições, é uma doença que decorre de predisposição genética e que apresenta fatores sociais, econômicos e emocionais como os seus principais gatilhos para a fase aguda da doença. Alguns sinais em pessoas com depressão é a prostração, a perda de interesse e prazer, o sentimento de culpa, além de baixa autoestima, distúrbios de sono, de alimentação e um forte cansaço físico/mental, associado com o déficit de concentração.

Alguns fatores ambientais e de vida têm sido fortemente marcados para acentuar o quadro, como estresse, o consumo de álcool e outras drogas, além também de uma dieta inadequada. Estima-se que, no Brasil, mais de 11 milhões de brasileiros apresentam depressão e que o País lidera o ranking na América Latina e 2ª posição nas Américas depois dos Estados Unidos, segundo dados da OMS.

Vários estudos têm associado que a depressão resulta num quadro inflamatório nas pessoas e, quando há doenças cardiovasculares (como hipertensão arterial, diabetes, por exemplo), o risco do gatilho para a depressão se acentua. Uma das consequências da inflamação é o prejuízo na ação do eixo intestino-cérebro, interferindo na produção e função neurotransmissores como a serotonina, associada às sensações de prazer pela vida; e de dopamina e adrenalina, responsáveis pela motivação e elaboração de metas de vida. 

Diante disso, oriento às pessoas que estão vivenciando este momento da doença na fase aguda ou seus familiares a buscar um apoio de profissionais da psiquiatria, psicologia, nutrição e da educação física, para que possam juntos criar estratégias integradas de tratamento e cooperar para tomadas de decisões conscientes por parte do indivíduo com depressão, a partir da integração do corpo e mente.

Pensando na nutrição, os estudos defendem que a oferta de óleos como o ômega 3, de cereais integrais, grãos como oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas), gergelim, semente de abóbora, carnes magras, vegetais folhosos verdes escuros têm corroborado para a oferta de nutrientes necessários a diminuição da inflamação e do cortisol. Estudos clínicos apontam que uma alimentação adequada à condição da depressão pode atenuar em 50% o quadro clínico.

Para tal, é importante as pessoas procurarem ajuda de um nutricionista que realizará uma entrevista detalhada e, de preferência, procurar por um profissional que seja capaz de se articular com as linhas de estudo dos modelos de crenças e também de comportamento alimentar que as pessoas construíram com a alimentação. Isso é fundamental para que estas pessoas se sintam respeitadas e apoiadas num processo de educação alimentar e nutricional, já que estão num momento de grande instabilidade emocional.

“A depressão não é sinal de fraqueza, não é característica de pessoas tristes ou desanimadas! É uma doença e a nutrição tem papel fundamental em prevenir e tratar a depressão”

Dúvidas? Sugestões? Escreva para nutricionistapatricia@equipebemestar.com.br

----------------------



O período da gestação pode parecer longo, principalmente quando chega no terceiro trimestre e o barrigão só te faz desejar que o parto chegue logo. Mas você já parou para planejar o seu pós-parto?

Sim, o puerpério deve ser planejado. É um período rico de sentimentos, aprendizados e também de angústias. Pode ser que as coisas não saiam como você planejou, mas pensar nele pode te ajudar a passar por esse momento mais consciente e com menos frustrações.

Veja alguns itens que você pode pensar:

AMAMENTAÇÃO
Não deixe para aprender sobre isso somente na hora em que você for amamentar. É importante se informar sobre pega, posição e outros cuidados antes do bebê nascer. Assim, as chances de sucesso são muito maiores. O seu nutricionista pode te ajudar ou então vá a um banco de leite.

ALIMENTAÇÃO

O cuidado com a alimentação deve continuar após o nascimento do bebê. Então pense em quem irá preparar as refeições e a compra dos alimentos. Uma dica é deixar alguns itens congelados para facilitar, tais como bolos e tortas caseiras, açaí natural e até refeições prontas mesmo, ou ter alguém que possa preparar as refeições para você.

LIMPEZA
Como será feita a limpeza da casa e das roupas? Você vai assumir, vai ter a ajuda de alguém?

VISITAS
Muito importante! Pense em como você quer que seja esse momento. Prefere algo mais íntimo, se adaptar primeiro às mudanças e depois receber as visitas ou você é do tipo que adora a casa cheia independente do momento? Após decidir isso escreva um texto carinhoso para os familiares e amigos explicando a sua decisão, eles irão entender.

Construa a sua REDE DE APOIO, pessoas que te auxiliarão nesse momento tão singular.

----------------------



Depois de horas de sono e jejum e antes de um dia intenso de atividades o mais lógico seria dar ao seu corpo um ótimo combustível, certo? Alimentos ricos em vitaminas, minerais, fibras.

Que tal começar a dar mais vida para o seu café da manhã?

EVITE: embutidos (presunto, peito de peru, salame, salsicha), alimentos açucarados (sucos de caixinha e saquinhos, refrigerantes, achocolatados, bolos açucarados), alimentos refinados (pães brancos, biscoitos), doces;

PREFIRA: frutas, vegetais e tubérculos (mandioca, abóbora, batata doce, espinafre), preparações caseiras com bons ingredientes como pães integrais, bolos, cookies integrais, iogurte natural, ovos, granolas de boa qualidade.

Comece o dia cuidando do seu corpo. Invista em comida de verdade. Olha quantas opções deliciosas e saudáveis existem! Além de melhorar a sua disposição e te proporcionar mais energia, uma alimentação assim ajuda a tornar seu intestino mais saudável!

Já sei, você adora um pãozinho branco de manhã? Dependendo do seu estado de saúde e seu objetivo é possível continuar comendo ele e ser feliz.

E aí? Como tem sido o seu café da manhã?

>>>>><<<<<<



A ACOLHER atende na 449:
Gestante, Pós-Parto, Bebê, Criança e Adolescente


----------------------
 
Quarta-feira passada foi dia de teste de ventilometria de novo!
Agora com as Nutris 449 Gabi Sousa e Rosana Oliveira



Professor Pedro Pedrosa - Academia RUNWAY Sudoeste.



Últimos ajustes...



Tudo pronto!



 Alunos Runway têm descontos especiais na 449,
e clientes 449 na Runway.




----------------------



 Felipe atende na 449 às Quintas-feiras
(8:00 às 12:00 e 14:00 às 21:00)


----------------------

CLNK449 - Além da Nutrição Esportiva!





Ir para a lista

Clube449


Newsletter

Cadastre-se e receba e-mails com dicas e informações.

 
 

Contatos

(61) 3363-7449
(61) 98535-7449 (whatsapp)
clinica449 (skype)
contato@clinica449.com.br

Centro Clínico Sudoeste
Sala 219 - Brasília/DF

Busca

Encontre o que você precisa em todo o nosso site.