2017 | 17 de junho
> Doping no Esporte by Leandro Macedo


Já vi vários casos de doping ao longo da  minha carreira. Imaginem o quanto não fui testado por ser o primeiro sul-americano a vencer um circuito mundial da ITU. Já vi várias desculpas e artimanhas para que atletas que se doparam continuassem no esporte. Hoje minha tolerância com o doping é zero.

É triste quando algum médico, que se diz médico do esporte, corrobora com casos de doping. É triste quando você vê confederações escondendo casos de doping de atletas que estão em destaque, para que a entidade não perca prestígio ou patrocinadores. Ou quando médicos credenciados pelo exame antidoping livram atletas de seu país que foram pegos no doping, através da invalidação do exame justificando erro no procedimento na hora da coleta, e simplesmente ignorando que a substância ilícita estava lá.

É triste ver fãs de "pseudos heróis", mesmo após a máscara cair, ainda adimirarem tal "atleta". E o que mais me entristece quando um atleta é pego no exame antidoping é perceber o quanto a visão do esporte está distorcida, tanto entre amadores quanto entre profissionais. Ou pelo menos distorcida da visão que tive como atleta e que mantenho hoje como treinador.

Para mim, a essência e meu maior objetivo no esporte sempre foi a auto superação, através do conhecimento e aceitação da minhas limitaçoes físicas, e conhecimento e evolução da minha capacidade emocional-mental. Fisicamente somos muitos limitados, e ficaremos velhos e ainda mais limitados fisicamente, mas a brincadeira é usar o esporte para treinarmos nossa cabeça, nossa força mental, para superarmos desafios e barreiras dentro e fora do esporte.

Enquanto uns recorrem ao doping, eu praticava meditação para expandir meu potencial emocional-mental. Enquanto muitos usam analgésicos para retirar a dor, eu usava meu foco na respiração para ignorá-la. Enquanto muitos correm para superar o adversário a todo custo, eu só queria poder competir bem treinado e me superar mentalmente. Acho que quem não vê o esporte desta forma não sabe tirar proveito do treinamento esportivo para a vida. Quem só enxerga o resultado tem uma visão limitada do que consiste o esporte de rendimento.

 
Revista TREKKING (Maio/1995)

Leandro Macedo
> Técnico triatlo e corrida, bike fitter e palestrante
> Triatleta olímpico 2000 e 2004
> Campeão dos Jogos Pan-Americanos 1995
> Campeão do Circuito Mundial ITU 1991 



Ir para a lista

Clube449


Newsletter

Cadastre-se e receba e-mails com dicas e informações.

 
 

Contatos

(61) 3363-7449
(61) 98535-7449 (whatsapp)
clinica449 (skype)
contato@clinica449.com.br

Centro Clínico Sudoeste
Sala 219 - Brasília/DF

Busca

Encontre o que você precisa em todo o nosso site.